24.1.11

A ponte Luiz I

Aguarela


Li em qualquer lugar que por ausência do rei Dom Luiz 1º no dia da inauguração da ponte… os tripeiros, fodidos pela desrespeitosa ausência, decidiram tirar o “Dom” das placas que viriam ser colocadas na ponte. Assim, a ponte que teria o nome Dom Luiz 1º ficou só como Luiz 1º. Ponte Luiz 1º e não Ponte Dom Luiz 1º.
Caso para dizer que este rei era manso.

Quanto às pinturas, são duas aguarelas que retratam a dita ponte com dois ambientes diferentes. A imagem de cima retrata a aurora do dia, os primeiros raios de sol. A imagem mais abaixo está envolvida num nevoeiro, leve nevoeiro.

23.1.11

Trasnportadores de néctar

Aguarela

Quantos e quantos litros de conversa estes barcos já transportaram?
Quantas ideias e idiotices?
Quantas amizades criaram e quantos se amaram?
Quantas risadas, quantas lágrimas…quantas vidas transportaram?
Tantas coisas transportaram, tantas!
E mesmo que não tenham sido por eles transportados os litros que a mim já me abençoaram devo dizer que… o prazer que tive em o beber foi tão bom como os momentos que já me proporcionou viver (ou não).
Viva o vinhinho e mais nada.

17.1.11

Aguarelas de Guimarães.



Mais duas aguarelas da mais bela cidade do mundo.
A imagem da esquerda faz referência ao Padrão do Salado e a imagem da direita mostra uma casa típica do centro histórico de Guimarães.

Imagens desenhadas a caneta de filtro preto e coloridos a aguarela.


14.1.11

Aguarelas do Porto


 
                                                                                                   Torre dos Clérigos .

11.1.11

Mural 24/06/1128 vsc

Está aqui uma pintura que já deveria estar terminado à muito, contudo felizmente ainda não o terminei. Digo felizmente porque ao longo do ano de paragem que dei neste trabalho fui reparando em vários aspectos na pintura que tenho de melhorar, muitos dos quais iriam ficar caso eu tivesse dado seguimento ao trabalho.
É uma pintura que eu quero que fique o mais próximo possível daquilo que eu imagino e é uma pintura que eu quero que invoque o 24 de Junho 1128 com uma referência ao Vitória.
É um trabalho que estou a fazer no café de um amigo, o Café do Russo.
Assim que esteja terminado, seja isso quando for, eu coloco aqui a foto do mural.

Aguarelas do Porto



2 Aguarelas que retratam a cidade do Porto e a sua zona ribeirinha.

Podem encontrar as minhas aguarelas na loja de artesanato “Prometeu” na ribeira do Porto.
Vão lá e comprem, eu agradeço e a “Prometeu” também.

4.1.11

sketch




2 Desenhos coloridos a aguarela.

O desenho mais acima alem da aguarela também usei caneta de filtro preta e marcadores.
O outro desenhei a lápis e colori a aguarela. Depois de colorido apaguei as linhas a lápis ficando só a cor.