23.11.10

Caixas para o pinheiro























O pinheiro é já no dia 29 de Novembro mas os preparativos começam bem antes com a organização do jantar, os ensaios, o arranjar das caixas e bombos…etc.

Normalmente costumo pintar a minha caixa e a dos meus amigos (a tinta da china), como é o caso das que estão aqui. Gosto de fazer referências ao passado histórico da cidade e claro, referências ao vitória. Eu curto e os meus amigos também curtem.
Ao pintar as caixas tenho o cuidado de deixar o centro da pele livre de qualquer pincelada, não só para não danificar o desenho como também para evitar que a pele se desgaste mais rapidamente.
O ideal seria pintar as caixas uns 6 meses antes para a tinta se entranhar bem na pele e para ficar com um aspecto envelhecido (com tinta da china consegue-se esse resultado), pessoalmente gosto assim.

A noite do pinheiro é uma festa activa em que todos os vimaranenses (e não só) estão convidados a participar e ao longo do tempo tem sabido evoluir mantendo as suas características. Por isso mesmo eu sou da opinião que o personalizar das caixas e bombos é uma maneira de enriquecer esta tradição e vincar ainda mais a personalidade das festas.
Assim como a junta de bois que carrega o pinheiro vem com versos em forma de crítica social, também as caixas e bombos podem ser veículos não só de desenhos mas também poemas, pensamentos, declarações de amor, pedidos de casamento, reivindicações…etç. É puxar pela imaginação.

Uma grande noite do pinheiro para todos.

Sem comentários:

Enviar um comentário